A realidade é dura, mas com criatividade e coragem pode ser vencida.


Pela primeira vez os coveiros de Mamanguape receberam equipamentos de proteção individual (EPI´s), em pleno século XXI os coveiros de nossa cidade recolhiam os restos mortais e de ataúdes com as mãos

Para nós que fazemos o SINSERMAM consideramos esta forma de trabalho um ato desumano e de saúde pública

Mesmo sabendo é de responsabilidade da Prefeitura tomamos a iniciativa de doar esses equipamentos, dando-lhes dignidade e melhores condições de trabalho.

Os coveiros em número de seis (06), foram beneficados com botas, luvas, mascaras além de duas calças e duas camisas para serem usadas em horário de tabalho como farmadamentos.

Da esquerda para direita o presidente do SINSERMAM professor Tarcísio, Josué Silva coveiro de Pitanga da Estrada, João Evangelista representando o conselho fiscal e por trás Fábio Rodrigues diretor social.

SINSERMAM - A VALORIZAÇÃO DO SERVIDOR É NOSSA PRINCIPAL META E PREOCUPAÇÃO